Pular para o conteúdo

SETEMBRO VERDE – MÊS DE PREVENÇÃO DO CÂNCER COLORRETAL

Por: Dr. Leonardo Maciel em 01/09/2020

Setembro Verde – Mês de prevenção do Câncer Colorretal

O mês de setembro é dedicado à campanha de prevenção e combate ao câncer de intestino.
O objetivo dessa campanha é alertar as pessoas sobre a necessidade da prevenção do câncer de intestino, que hoje já é considerado o segundo tipo de tumor mais comum entre mulheres e o terceiro entre homens no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA.
Estima-se que mais de 34 mil novos casos de câncer de intestino surjam no Brasil em 2020 (Segundo o INCA).
Existe uma relação direta do surgimento do câncer com o estilo de vida, como

• Prevalência de excesso de peso e obesidade,
• Sedentarismo,
• Tabagismo,
• Consumo de bebida alcoólica
• Consumo de carnes processadas (salsicha, presunto, linguiça, carne seca etc.)

Outros fatores de risco são história familiar e a presença de algumas doenças. O risco ao longo da vida de uma pessoa desenvolver o câncer colorretal é de 1 em 20 (5%). Um risco aumentado está presente se houver história pessoal ou familiar de câncer colorretal. Também uma história pessoal de câncer de mama, de útero ou de ovário aumentam o risco de desenvolver câncer colorretal. Uma história pessoal ou familiar de pólipos do cólon também aumenta esse risco. Tanto a Doença de Crohn, quanto a colite ulcerativa também podem favorecer o surgimento do câncer colorretal após vários anos de doença.

A notícia boa é que o câncer de intestino pode ser prevenido, e quando o diagnóstico precocemente pode ser curado. Infelizmente, no Brasil, muitas pessoas não se atentam aos sintomas e acabam iniciando tratamento em fase já avançada da doença.
Informação e prevenção são duas maneiras altamente eficientes para aumentar as chances e os índices de cura dessa doença.

Sintomas da doença:

Os sintomas mais comuns associados ao câncer de intestino são:

• Sangue nas fezes.
• Mudanças recentes nos hábitos intestinais.
• Sensação de evacuação incompleta.
• Cansaço ou fadiga inexplicável.
• Dores abdominais.
• Perda inesperada e repentina de peso.

Atenção, pois o câncer colorretal pode se desenvolver silenciosamente por um tempo, sem apresentar nenhum sintoma!

Quem corre o maior risco de desenvolver o câncer de intestino?

• Pessoas com história familiar de pólipos, câncer colorretal ou ginecológico (mama, ovário e útero).
• Pessoas com uma dieta pobre em fibras, rica em gordura, com grandes quantidades de conservas ou aditivos químicos.
• Pessoas sedentárias, fumantes e obesos.
• Pessoas com síndromes genéticas.
Adote um estilo de vida saudável, siga programas de rastreamento para o câncer colorretal, e em casos de qualquer sinal ou sintoma procure um coloproctologista.

Dr. Leonardo Maciel

Postado por: Dr. Leonardo Maciel, publicado em: 01/09/2020

Médico com residência médica em Cirurgia Geral, Coloproctologia e Endoscopia Digestiva. Mestre e Doutor em Cirurgia. Membro Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *