Pular para o conteúdo

O QUE SÃO FOODMAPs?

Por: Dr. Leonardo Maciel em 28/08/2019

O que são FODMAPs?

O papel dos componentes dietéticos na indução de sintomas gastrointestinais como dor abdominal, inchaço, flatulência e alteração do hábito intestinal, e também no desenvolvimento da síndrome do intestino irritável (SII) é difícil de ser explorado. Historicamente, os pacientes identificam a cafeína, o álcool, e as gorduras como principais causadoras destes sintomas. Além disso, pedir aos pacientes que identifiquem quais alimentos contribuem para os sintomas é repleto de imprecisões, já que as refeições são misturas complexas de componentes dietéticos, e o tempo de início dos sintomas após um alimento desencadeante pode variar.

Nas últimas décadas, o papel dos componentes dietéticos na indução dos sintomas da SII foi melhor explorado. Há evidências de que certos componentes alimentares podem contribuir para os sintomas através dos efeitos da má absorção de carboidratos e da estimulação da hipersensibilidade.

Um destes conjuntos de alimentos que são mal absorvidos pelo nosso organismo e que podem causar desconforto intestinal são conhecidos como FODMAPs. O termo FODMAPs é um acrônimo derivado da língua inglesa, para representar um grupo de específico de carboidratos (carboidratos de cadeia curta – oligossacarídeos, dissacarídeos, monosacaríderos e polióis fermentáveis). Os FODMAPs são pouco absorvidos no intestino delgado, e sofrem fermentação no cólon. A ingestão de alimentos com alto teor de FODMAPs pode causar sintomas gastrointestinais em indivíduos susceptíveis, e também participar do mecanismo de desenvolvimento da SII.

Quais são os tipos de FODMAPs e em que alimentos posso encontrá-los?

Como saber se a dieta com baixo teor de FODMAPs vai ser boa para você?

Um dos passos iniciais é realizar um teste respiratório do hidrogênio no ar expirado. Os testes respiratórios do hidrogênio no ar expirado são utilizados para avaliar a absorção intestinal de açúcares (carboidratos), incluindo lactose, glicose, frutose, sacarose e sorbitol. Eles também são utilizados na avaliação do aumento de bactérias no intestino delgado (sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado), e também a intolerância a FODMAPs.
A dieta com baixo teor de FODMAPs funciona em mais de 70% dos casos de SII. Portanto, quando estiver fazendo a dieta siga as recomendações do seu médico ou nutricionista e fique atento aos sintomas e, se mesmo assim, em um prazo de seis semanas os sintomas persistirem é porque a dieta não deu certo.

Dr. Leonardo Maciel

Postado por: Dr. Leonardo Maciel, publicado em: 28/08/2019

Médico com residência médica em Cirurgia Geral, Coloproctologia e Endoscopia Digestiva. Mestre e Doutor em Cirurgia. Membro Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *