Pular para o conteúdo

APENDICITE AGUDA

Por: Dr. Leonardo Maciel em 16/08/2021

Apendicite aguda

Todo mundo conhece alguém que já foi diagnosticado com apendicite aguda. Esse quadro de dor abdominal é a principal causa cirúrgica nas emergências.

O apêndice cecal, é um órgão localizado no ceco, primeira porção do intestino grosso. Ele tem um formato tubular, e apresenta um fundo cego. Ou seja, só apresenta uma única comunicação com o intestino grosso.

A apendicite aguda ocorre quando a saída do apêndice é obstruída. Normalmente pequenos fragmentos de fezes, conhecidos como fecalitos, depositam-se nesse túbulo estreito e iniciam um processo inflamatório pelo acúmulo de bactérias. Os sintomas iniciais costumam ser dor periumbilical e perda do apetite. Após algum tempo, horas ou dias, a dor passa a se localizar no quadrante inferior direito do abdome, indicando a progressão da inflamação.

É importante deixar claro que a apendicite aguda é uma emergência cirúrgica e precisa ser resolvida o mais rapidamente possível. A inflamação pode ser muito grande a ponto de romper o apêndice cecal e fazer com que haja a liberação de fragmentos de fezes na cavidade abdominal, resultando em uma infecção bem mais grave.

O diagnóstico pode ser realizado apenas pela clínica característica do paciente, por meio de um detalhado exame físico e coleta da história. Em outros casos, no entanto, é preciso lançar mão de exames de sangue e/ou de imagem para elucidação do diagnóstico.

Portanto, caso sinta as dores aqui relatadas e os sintomas associados, busque ajuda médica com urgência para que o diagnóstico e o tratamento sejam realizados rapidamente.

Dr. Leonardo Maciel

Postado por: Dr. Leonardo Maciel, publicado em: 16/08/2021

Médico com residência médica em Cirurgia Geral, Coloproctologia e Endoscopia Digestiva. Mestre e Doutor em Cirurgia. Membro Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.